quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Há momentos assim

Momentos que nos reconciliam com Deus.



Num mundo tão cruel, um mundo brutal, tão feio, tão descaracterizado, tão vazio de valores, assistir a um espectáculo destes é uma bênção.
E neste aconchego, no intimismo(?) que é este espaço, olho, enlevada, a beleza da dança, a beleza dos corpos - que bonitos são! - e curvo-me perante Homens a quem foi concedida a capacidade de idealizar, de concretizar o belo, de me/nos fazer acreditar no Homem.

Olho, enlevada, e por momentos é a paz!


Sem comentários:

Enviar um comentário