domingo, 30 de dezembro de 2012

Há momentos...


... em que as palavras se tornam desnecessárias.


Em silêncio, num misto de respeito, gratidão e paz, comungo desta belíssima canção.

E penso na vida dura do Mar. 
E penso nos pescadores, aqueles Homens únicos na sua forma de ver o mundo, a vida, o Outro.
E penso nas Mulheres destes Homens de fibra, Mulheres que sofrem e lutam pelo e com o seu Homem.
E penso nas lições de vida que tantas vezes nos têm dado.
E penso...

E penso na magia que caracteriza o Mar.
E penso no quanto me apetecia mergulhar nas suas águas, ora serenas, ora bravias.

E penso...
E penso que não poderia viver sem Ele, o meu Mar.

Hoje, sentada na areia, agasalho nos ombros, esquecida de tudo, tive-o largos momentos por companhia. 
E é um lavar de alma, e é o esquecimento, ainda que breve, das angustias que nos atormentam.

Escutem o Mar.
Escutem-no...


6 comentários:

  1. É lindo este seu poema ao Mar, aos Homens e Mulheres sofredoras que choram lágrimas salgadas quando perdem os seus companheiros na faina do mar... mar salgado, ora sereno ora bravio, mas cheio de mistério e encanto!...
    Gostei muito e vou continuar a escutar o Mar.
    Um beijinho GL
    maria eduardo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe? Sempre que me cruzo com um pescador (em Sesimbra, por exemplo), não perco a oportunidade de trocar umas palavrinhas com ele.
      Há neles uma sabedoria empírica que por vezes nos fazem sentir tão pequeninos, mas tão pequeninos!
      O Mar e o seu fascínio? Penso que não conseguia viver longe dele. Sinto-o como fazendo parte de mim.

      Um beijinho.

      Eliminar
  2. O Mar...
    Quarto escuro cheio de monstros.
    O Mar...
    Magia e vida.
    O Mar...
    incompreendido ou o reflexo de nós?


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Mar...
      Porquê "quarto escuro"?
      Luminosidade, alforge de vida/vidas.
      O Mar...
      "Magia e vida".
      E Paz, e sonho, e tranquilidade. E um lavar de alma que nos faz aquietar.
      O Mar...
      "Reflexo de nós"?
      "Nós" quem? O Homem, no seu todo?
      Não! Reflexo só de alguns. Os eleitos, apenas os eleitos.

      Eliminar
  3. O Mar...
    Quarto escuro cheio de monstros.
    Porque os “monstros” vivem nas profundezas abissais do mar (do meu).
    Luminosidade? Sem dúvida, alguns…mas nessa zona abissal a luz é fria, não emite calor.
    O Mar...
    Magia e vida.
    Ou vida e magia ou magia por vida ou…
    O Mar...
    incompreendido ou o reflexo de nós?
    De nós os eleitos eleitos e de nós os eleitos adregos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exorcizar "monstros" é o dever de cada um de nós.
      Todos temos os nossos, sim!

      Para quê mergulhar tão fundo? Respeitemos as zonas que se querem interditas.
      Uma questão.
      A vida, por si só, não é magia? Há lá magia maior!...

      Todos somos o reflexo de uma qualquer outra coisa.
      Espelhos?


      Eliminar