domingo, 3 de fevereiro de 2013

Convite.

Vamos apanhar, "beber" sôfregos, este belo sol?
Vamos esquecer, ainda que por breves momentos, esta gente medíocre que nos (des)governa e nos vai destruindo?


Vamos esquecer (nem que isso fosse possível!) a desgraça que aflige o Homem, e por variadíssimas razões?

Vamos.
Vamos ver o Mar.
Vamos tentar uma reconciliação com a vida, vida tão madrasta para muitos.

Olhemos as crianças que brincam. 
Que a sua inocência seja o nosso conforto.

6 comentários:

  1. Podemos antes "beber" um amanhecer?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se isso o fizer feliz, porque não?!
      Prefiro "beber" o entardecer. Há qualquer coisa de mágico na transição do dia para noite.
      Noctivaga, eu?...

      Eliminar
    2. Olá GL!

      “Beber” o amanhecer faz-me feliz.
      Sabe porquê?
      Porque enquanto olho o acordar de um novo dia, sei que tenho pela frente horas cheias de possibilidades e promessas por cumprir.
      Tudo parece possível quando a luz do sol começa a iluminar o que nos rodeia e a dissipar as sombras que restam da noite.
      O entardecer? Gosto mais de o colocar na palma da minha mão, sentir o calor a dissipar-se no balanço do que fiz durante o dia, até se fundir naquele laranja que é a soma das pequenas coisas que me fizeram feliz.

      Abraço

      Eliminar
    3. Sabe que me apetece "beber" as suas palavras?
      Sabe que me apetece "beber" um pouco dessa forma de ver, estar na vida?!

      Mas?
      Mas caro Anónimo, independentemente do balanço que se possa fazer do que foi o nosso dia é, precisamente nessa fase, nessa transição, que sou capaz de ser totalmente(?!) feliz.

      Abraço.

      Eliminar
  2. Olá GL,
    Vamos ver o mar, os castelos, as serras, vamos encher os pulmões de ar puro, cheirar as flores dos campos, ver as crianças a brincarem inocentemente pois são elas que nos dão a razão e o conforto para continuar a sorrir... foi o que eu fiz na última 5ªfeira, fui-me reconciliar com a vida através da natureza, "Um passeio de inverno numa tarde primaveril"...
    Um beijinho e gostei muito do seu post.
    maria eduardo
    Gostei do seu post

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Eduardo,

      Tenho estranhado a sua ausência no seu espaço, um espaço onde se respira paz. Como vê, quase todos os dias lá vou espreitar e hoje não foi excepção. Não comentei por uma razão simples: quero ver, ler atentamente tudo o que descreve, quero partilhar do seu passeio, e isso exige mais tempo.
      De facto, não fora o que usufruimos através da Natureza, e a vida seria quase insuportável.

      Até, logo.

      Beijinho.

      Eliminar