quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Isatis

Eis o meu novo amigo.


Um cãozinho que é um susto.
Todo preto, olhos incluídos, é uma verdadeira "aventura" conseguir captar-lhe os olhos. Fotógrafa eximia que sou, resolvi o problema deixando-no no carro, e chamando-o docemente.
Olhou e...
Voilá!
 
Não, não vem colmatar a falta da minha companheira, a belissima persa, uma amiga que me seguiu durante 16 anos.
Não, não vem!
 
Os gatos têm qualquer coisa de mágico. Há mistério naqueles seres, um mistério que me fascina, que por vezes, me causa "medo".
 
Contudo gosto deste pateta, gosto!

6 comentários:

  1. Olá GP,
    Chama-se "Isatis"? É um lindo cachorrinho e de olhos pretinhos deve ser fora do vulgar. Que lhe faça muita companhia e lhe dê muita alegria. Ai, GP, de animais tenho quase uma formatura, pela quantidade de experiências boas e más que tenho tido com animais, ao longo da minha vida... Quero criar um blogue onde irei relatar histórias minhas verdadeiras passadas com animais, mas ainda não estou apta a criar o blogue agora com os novos modelos do Blogger.
    Um beijinho para si e para esse pequerrucho que vai ser certamente a companhia ideal para marcar a diferença, pois vai-lhe dar provas fantásticas de carinho e amizade para que não se arrependa da escolha que fez.
    Um beijinho a dobrar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria Eduardo,

      Isso mesmo, Isatis. Para que conste, não fui a madrinha!...
      Agradeço os seus votos que já se concretizam. Este pateta, "meio quilo" de cãozinho, já faz uma companhia imensa. Brinca, pula, rosna, ladra (pouco, graças a Deus!), quer andar atrás de todos nós, mas um vai para aqui, outro para outro qualquer lado, e pobrezito, num desnorte, sem saber para onde se virar.
      Logo que lhe seja possível crie o blogue com as histórias dos seus amiguitos de quatro patas. Afigura-se-me, desde já, bem interessante.

      Bom Domingo.
      Beijinho.

      P.S. O pequenote agradece :):):)

      Eliminar
  2. É muito fofo. Mas trouxe-o para casa? É mesmo
    seu? Os animais gostam muito dos seus donos
    quando são bem tratados e não são falsos.
    E dão muita alegria numa casa. Boa sorte.
    Bom fim de semana.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Irene,

      É mesmo meu, ou aliás, é nosso, da família.
      Ao contrário dos gatos que elegem o dono, os cães, de uma maneira geral não são "esquisitos": gostam de todos de igual forma.
      É uma alegria é, pode crer. Só vejo é bolas, bonecos - que é perito em roubar -, ossos (de cão, óbvio!) espalhados pela casa.
      Enfim, um diabrete, é o que é!

      Bom Domingo.

      Beijinho.

      Eliminar
  3. Isatis...Isatis como a planta?
    ossos de cão???????Valha-me Deus!
    Estou a brincar!
    Pela foto é um "meio quilo" muito engraçado e cativante.
    Acredito que faça muita companhia e que dê muita alegria.

    Abraço grande

    P.S. Tenho um gatito em casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anónimo,

      Isatis, sim! Não gosta?! Como a planta, só que, e ao contrário da dita, a cor do meu cãozinho não se altera. Preto, preto, o mais preto possível. Não, nem com o banho desbota, escusa de estar a rir.

      Valha-o Deus por causa dos ossos de cão?
      Já deu para perceber que o meu Amigo é um acérrimo defensor da gramática, o que só lhe fica bem. Pronto, não se zangue. Ossos "para" cãozinho, é mais correcto? (Atenção: não sigo o Acordo Ortográfico, ok?!)

      É um "meio quilo" que vale por muitos quilitos. Imaginará a força que este "dez réis" tem?

      É bem engraçado, sem dúvida. Só tem um pequenino problema: ainda não aprendeu o horário do recreio! Passamos, e ele numa correria que assusta, larga-nos a bola aos pés e fica especado. E olha-nos com um olhar de desafio, "chutas, não chutas"?!
      Ui, que paciência!

      Um gatito? Quer trocar? Quer?!

      Abraço grande

      Eliminar