sábado, 29 de junho de 2013

Momentos do dia

Hoje estive aqui.
Que vos interessa isso? Nada!
Mas onde ficava a partilha se não me lembrasse de vós?!

Se ia no barquinho? Não, não fiquem a imaginar-me mar fora, se bem que o meu elemento primeiro seja a água. Rio, riacho, ribeira. Mar, calmo ou "zangado", é junto ao mundo aquático que me sinto feliz.



Deixo o rio bonançoso.
Entro no carro, ligo o motor e...?


E eis-me aqui.
Facílimo saber onde passei a minha tarde.

Crianças que riem, namorados que se beijam, pais com os seus filhos. Ao colo, no carrinho, no ovo, eles constituem o mundo, a renovação, a esperança.
Velhos. Sentados, olhar atento ou absorto. Velhos que vêem como que o filme do que foi as suas vidas. 
  
No trajecto, a companhia da magnifica banda sonora do filme...


 Partilha feita, 
resta-me desejar-vos um óptimo fim-de-semana.

Façam o favor de esquecer.
O quê?
Tudo aquilo que nos aflige.

Tréguas, quero tréguas!



10 comentários:

  1. O som do filme Doutor Jivago para companhia é uma boa maneira de se entrar no carro. :))
    Também prefiro a água pois repousa.
    Vejo que foi um dia bem passado, desejo outro igual para hoje.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O melhor possível, tendo em conta a alta temperatura que nos convidava a mergulhar, e não só a usufruir a beleza.

      Boa semana.

      Beijinho.

      Eliminar
  2. Todos precisamos de tréguas, mas elas mais não são do que o reformular de estratégias para a caminhada que nos aguarda, eterno destino...

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A vida, ela própria, é um jogo de estratégias.

      Abraço.

      Eliminar
  3. Tão perto e tão longe!

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  4. Prefiro dizer: tão perto, agora e sempre, tão perto!

    Abraço grande.

    ResponderEliminar
  5. Olha a " minha " fitinha !
    No dia 12, estive aí toda a manhã, até apanhar o pnendular !
    Andei para trás, para a frente, fui e vim, vim e fui...

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  6. Será a tua fitinha, mas não tem a mesma beleza. Falta a arte!...

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Passeio-me muitas vezes por este local... É um local de sucesso onde não faltam passeantes de todas as idades, pois há motivos de sobra para que todos se sintam bem. De tréguas é o que todos nós precisamos e energias renovadas para enfrentarmos todas as incertezas que nos esperam!...
    Haja esperança!...
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A primeira fotografia foi tirada em Belém. Dá-me uma imensa paz estar junto ao rio, vê-lo, senti-lo.
      A Expo fascina-me pela variedade das gentes que por ali passeia. Gente de todas as nacionalidades, de todas as faixas etárias. Tenho-me cruzado por lá com pessoas muito interessantes.

      Beijinho.

      Eliminar