quarta-feira, 19 de junho de 2013

Sonhar, voar

é necessário, ou não?!
É, é mais do que necessário.

Apelemos àquilo que resta da nossa infância, à inocência que a vida nos foi tirando, e vejamos esta "luta".



A luta do pássaro que, mau grado não poder voar, não abdicou de concretizar o seu sonho.

Infantilidades, dirão!
Não contesto, mas que bom é ser criança, nem que seja por breves momentos. 

Um convite?
Para quem não conhece o blog da "Mãe preocupada" convido-vos a passar por lá. 
A beleza da escrita é um bálsamo, o bálsamo que faz a diferença no meio de tanta mediocridade.



17 comentários:

  1. Salve-se ainda algo de bom trazido através das crianças, nem que seja por breves momentos.
    Vou fazer uma visita ao blogue da "Mãe preocupada" logo que possa...
    Obrigada pela lembrança.
    Um beijinho e uma boa quinta-feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Eduardo,

      A bem da nossa sanidade mental é bom que, de quando em vez, sejamos crianças.
      O blogue da "Mãe preocupada", para mim é de visita obrigatória. Se o visitar verá que o tempo em que nos perdemos por lá, é muito, mas muito compensador.

      Beijinho.

      Eliminar
  2. Desculpe, "GL",

    Mas estou com curiosidade, o passarinho pregou árvores por ali abaixo e depois atirou-se para ter a sensação de voar. O que lhe aconteceu quando chegou ao fundo?

    Abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,

      Não tem que pedir desculpa! É com imenso prazer que respondo à sua questão.
      O passarinho não caiu no abismo, como parece deixar adivinhar. Segue sempre em linha recta, sempre.
      Sabe? A lei da gravidade nem sempre funciona!

      Abraço grande.

      P.S. Ah! Espero ter sido clara na "explicação".

      Eliminar
    2. "GL";

      Peço desculpa, reconheço que fui impertinente.
      Eu quero acreditar que nada de mau aconteceu ao passarinho.

      Abraço grande ?

      Eliminar
    3. Queria dizer mal....

      Eliminar
    4. Impertinente? Nem pensar!
      Só gostava que não duvidasse que o querer é, em muitos casos, mais forte que o poder.

      Abraço grande? Sem dúvida!

      Eliminar
  3. estamos condenados a voar com "asas de cera"...

    mas há que persistir no voo...

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é se as ditas derretem...

      Beijinho

      Eliminar
  4. É bom podermos voar como as crianças. :)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que nos esforçar, Ana, temos que nos esforçar!

      Beijinho.

      Eliminar
  5. Infantilidade? Nunca. Superação. No dia em que matarmos os sonhos, matamos os possíveis...

    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lobinho,

      Que dizer do teu comentário?!
      E calo-me, e agradeço.

      Beijinho

      Eliminar
  6. Mesmo quando nos cortam as asas, é possível reinventar o voo.
    bfs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Difícil, mas não impossível!

      Bom fim-de-semana.

      Eliminar
  7. Já fiz uma visita ao Blogue "Mãe preocupada" e fiquei encantada com a facilidade de expressão, escrita e conteúdo, é mesmo um bálsamo! Gostei imenso e passo a visitá-lo daqui para a frente. Quis deixar comentário mas não aceita?!
    Obrigada e um bom fim de semana.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que todos os que amamos as Letras, não podemos deixar de apreciar a qualidade do Blogue.
      Comentário não há possibilidade de deixar, mas pode enviar um mail para o endereço que está no lado direito.
      Bom fim-de-semana.

      Beijinho.

      Eliminar