sábado, 15 de junho de 2013

Vejamos!

Um desafio?! 
Quem escreveu o texto que transcrevo abaixo?


"Por vitalidade de uma nação não se pode entender nem a sua força militar, nem a sua prosperidade comercial, coisas secundárias e por assim dizer físicas das nações; tem de se entender a sua exuberância de alma, isto é, a sua capacidade de criar, não já simples ciência, o que é restrito e mecânico, mas novos moldes, novas ideias gerais, para o movimento civilizacional a que pertence. É por isso que ninguém compara a grande e ruidosa Roma à super-grandeza da Grécia. A Grécia criou uma civilização, que Roma simplesmente espalhou, distribuiu. Temos ruínas romanas e ideias gregas. Roma é, salvo o que sobremorre nas fórmulas invitais dos códigos, uma memória de uma glória; a Grécia sobrevive-se nos nossos ideais e nos nossos sentimentos."

Apetece dizer: pobre Grécia!

Bom Domingo,
boa semana!

14 comentários:

  1. Lamento dizer que não sei...
    Mas fico curioso e esperarei pela resposta.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sabe: Fernando Pessoa.

      Abraço.

      Eliminar
  2. Pobre Grécia?
    Pobre humanidade!
    Quando é que TODOS (sim, todos em algum momento) nos acomodamos?

    Abraço grande

    Rodrigo

    P.S. Sei quem foi a Pessoa que escreveu, mas não sabemos todos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há coisas extremamente dificeis de datar, este acomodar é uma delas.
      Pobres de nós, tem razão!
      Sabe quem escreveu? Sabe mesmo?:)

      Abraço grande

      Eliminar
  3. O Rodrigo já disse quem foi.
    Como tudo o que fez, excepto as Cartas a Ofélia - quanto a mim -, é belo e pungente.
    Adorei Atenas mas Roma é para mim muito especial.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana,
      Quase todas as cartas de amor têm o seu quê de ridículo e F.Pessoa não conseguiu ser a excepção.
      Acredita que não conheço Roma?! Ainda não perdi a esperança se ir até lá.
      Beijinho

      Eliminar
  4. como Fénix, ressurgirá das cinzas!

    ResponderEliminar
  5. "Valeu a pena? Tudo vale a pena
    Se a alma não é pequena.
    Quem quer passar além do Bojador
    Tem que passar além da dor.
    Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
    Mas nele é que espelhou o céu".

    Um beijinho grande e gostei do desafio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Eduardo,

      Palavras de esperança, aquilo de que tanto necessitamos.
      Por isso, obrigada!
      Beijinho.

      Eliminar
  6. P.S. Ainda queria referir que respondi ao seu comentário deixado no meu post (Homenagem a StºAntónio e F. Pessoa).
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já lá fui.
      A inveja é um sentimento muito feio, eu sei, mas que gostava de saber fazer aquelas coisas tão bonitas, gostava!
      Beijinho

      Eliminar
  7. Pois é pobre Grécia, o berço da Democracia e pobre Portugal...
    Boa semana.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  8. Em suma, Irene, pobres de nós todos, simples fantoches no meio de tudo isto.
    Beijinho.

    ResponderEliminar