quinta-feira, 4 de julho de 2013

Dizem?!

Ele diz, eles dizem. Nós não dizemos. Ele desdiz,eles desdizem. Nós não desdizemos. Ele conclui, eles concluem. Nós? Nós tontos, abismados, aflitos. Ele indiferente, eles indiferentes. Nós?!...

10 comentários:

  1. É sempre o "mexilhão que se lixa"...
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre os mesmos, os eleitos!

      Beijinho.

      Eliminar
  2. Eu...não...
    Pois!

    Abraço grande

    ResponderEliminar
  3. Não?
    Impossibilidades!...

    Abraço grande.

    ResponderEliminar
  4. E nós, espectadores pacíficos a vermos o paquete a afundar-se enquanto a orquestra continua a tocar...relembrando o Titanic!
    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nosso pânico quase se me afigura maior. É que o desastre não é menor nem menos grave.

      Beijinho.

      Eliminar
  5. onde há poder há resistência...

    nós? temos que recuperar a Palavra usurpada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Abomino, e cada vez mais, o poder.
      Poder pressupõe, entre outros principios, justiça, e a vários niveis. Onde está essa justiça, o respeito?!

      Ainda é viável recuperar a palavra? Não estaremos a entrar no campo da utopia?!

      Eliminar