sábado, 19 de outubro de 2013

PRESENTE!

Por razões várias, e que me ultrapassam, não posso participar nas manifestações levadas a cabo. Contudo, quero juntar o meu grito ao de todos os indignados, ao de todos os que sentem ser sua obrigação dizer: BASTA! BASTA DE ESPOLIAR os mais fracos, mais indefesos, mais pobres. CHEGA!

14 comentários:

  1. Gosto de visitar blogs! Eles me chegam como casas de portas abertas... E entro de mansinho, buscando marcar com respeito cada passo e com carinho as mãos que tocam um adorno aqui outro ali, na tentativa de conhecer um pouco o proprietário daquele lugar que eu adentrei sem nenhum convite específico, atraída que fui pelo título do blog ou algum comentário deixado num outro lugar.
    "Olhar o mundo, olhar a sociedade, olhar o Outro, eis a minha preocupação primeira."
    Esta tua filosofia nos dá a dimensão exata de como transitas pela vida. Os teus protestos, a forma de demonstrar indignação com os problemas sociais, bem mostra ser uma pessoa antenada com o mundo em que vive. A par disso, uma sensibilidade extraordinária para a literatura, a música, a poesia, que deixa entrever em textos primorosos e em vídeos que ficam a nos iluminar o olhar e enternecer o coração.
    Gostei muito de ter estado aqui, GL. A tua casa é simplesmente aconchegante, bonita, e mesmo sem nenhum convite para voltar... a gente volta!
    Deixo sorrisos e estrelas na certeza de que estou levando muito mais daqui. Grata pelo momento!
    Com carinho,
    Helena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas suas simpáticas palavras.
      A porta está aberta. Entre, sente-se, sinta-se á vontade.

      É com prazer que retribuirei a visita.

      Abraço.

      Eliminar
  2. Este poste é por si uma forma de participar.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostava que fosse, se gostava!...

      Abraço.

      Eliminar
  3. Eles só ficam saciados quando nos virem a todos esfomeados. CANALHAS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É demais! É desumano, é uma afronta.

      Eliminar
  4. Ninguém nos ouve, "GL", mas lutar sempre pelo nosso país.

    Abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o mínimo que podemos fazer.
      E o resultado? Qual será o resultado?
      Essa dúvida assusta, inquieta, deixa-nos numa angústia sem nome.

      Abraço grande, muito.

      Eliminar
  5. É uma forma de protesto.
    Ficou o seu grito, o seu murro na mesa.
    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro, o nosso grito já não chega a lado nenhum!
      Mas é urgente que continuemos. A fome, num crescendo, é uma obscenidade.

      Abraço

      Eliminar
  6. Acho que esteve ao meu lado no sábado passado e voltará a estar no próximo.


    beijo

    ResponderEliminar