quarta-feira, 27 de março de 2013

Santa Páscoa!

Apenas uma palavritas!


Boa Páscoa!
Tudo bom para todos vós.

Que a Aleluia represente o renascer. 
O renascer no nosso presente, no presente e futuro dos que nos precedem.


domingo, 24 de março de 2013

Há dias assim!

Hoje apetecia-me falar de tudo e de nada. Falar de coisas sérias e menos sérias.
Falar!
Falar de gente que sofre, e (como é possível?) de gente feliz.
Falar da água, o meu elemento primeiro. Queria mergulhar e deixar-me conduzir pela corrente, deixar que o destino se cumprisse, deixar que me transportasse à outra margem, a uma qualquer margem. Entregar-me, sem reserva, sem medo. 
Falar de pássaros, falar de liberdade, falar de beleza, falar de sonho, falar de felicidade.
Pássaros que nos libertam de amarras, que nos transportam com eles. Pássaros que ora voam, ora planam, senhores do universo.


Falar!
Falar de campos de papoilas, papoila vermelhas, manchas de vida em campos de trigo. Falar da sensação, única, de caminhar descalça, pés na terra, telúrica, através desse mundo fascinante, alforge de vida.
Falar de esperança nos Homens, de esperança em que um dia, um qualquer dia, se entendam mau grado as diferenças culturais, as diferenças dos mundos que habitam, mau grado os ditames dos donos do mundo.
Falar de utopia, de sonho, de força, de fé, de VIDA.

Hoje apetecia-me falar!
Hoje apetecia-me gritar!



sábado, 23 de março de 2013

Cinema, por que não?

Que tal uma ida ao cinema?



Um filme baseado no livro de Pascal Mercier, com o mesmo título.
De forma muito simples, apenas acrescento que se trata de um filme que remete para várias questões, entre elas a forma como vivemos a nossa vida. É preenchida ou apenas "andamos por cá"? E depois é o amor, a lealdade, a luta por uma sociedade mais justa, as relações inter pessoais.  
Se bem que fique muito aquém do livro, considero valer a pena ver. 
Em síntese: estamos perante um filme que aborda questões como sentimentos, sensibilidades, ideais, lutas, sonhos.  

Bom Domingo.
Boa semana.

quinta-feira, 21 de março de 2013

Problemas auditivos

Teria ouvido bem?
A RTP vai convidar (ou convidou?!) sua Excelência o Senhor Engenheiro José Sócrates para comentador?
Ouvi bem?


 
Talvez tivesse interesse saber o que pensa sua Excelência o Sr. Engenheiro José Sócrates da situação em que deixou o país, ele e os que o antecederam.
 
Será que sua Excelência nos esclarecia?
Seria igualmente, pertinente, que os resaponsáveis pela televisão pública tivessem, não só bom senso, como respeito por todos nós.
 

sábado, 16 de março de 2013

Hoje!

Hoje.
Hoje estou feliz.
Hoje estou, finalmente, apaziguada.

Hoje.
Hoje quero esquecer o mundo e a maldade.
Hoje quero esquecer injustiças e crueldade.
Hoje quero esquecer o lado negro e sombrio do Homem.

Hoje.
Hoje quero acreditar na viabilidade de um mundo melhor.
Hoje quero que habite em mim a esperança.
Hoje quero que me seja permitido sonhar.

Hoje!


Hoje.
Porque hoje soube existes.
Porque hoje soube que no ventre abençoado da tua Mãe, no teu tamanho quase sem tamanho, lutas por vencer obstáculos, lutas por crescer, lutas por viver.
Porque o teu Pai é um dos meus meninos de ouro, um "menino"/Homem também ele abençoado, também ele tão amado, tão desejado.

Hoje.
Porque hoje soube que existes.
Porque hoje, graças a ti, habita em mim o sol.

Porque hoje tenho um amanhã.
Porque hoje vejo futuro.

Hoje.
Hoje, amanhã , depois de depois de amanhã, cresce meu Amor, cresce.
Cumpre o caminho, as etapas que te são exigidas.
Cresce, meu Amor, cresce.

Amanhã.
Vem reconciliar-nos com o mundo, vem!


Vem, meu Amor, vem!


quinta-feira, 14 de março de 2013

Ler. Questões, dúvidas.

Afinal em que consiste "ler"?
O que significa "saber ler"?

QUEM sabe, realmente, LER?!

Deambulando pela blogosfera, deparei-me com um blog que me abstenho de classificar. 

Abstenho? Não abstenho?!

Não, não abstenho! Porquê? Porque é, simplesmente, imperdível. Refiro-me ao "Mãe preocupada", um espaço onde ler cada post é um prazer.  



A resposta à questão inicial está precisamente aquiÉ que não conseguiria fazê-lo de forma mais clara!

À "Mãe preocupada" basta-lhe aqueles que "sabem ler".
Fiquei por lá!



terça-feira, 12 de março de 2013

A palavra.

Quando a palavra é tratada com mestria, e que mestria!
Quando a realidade dói, destrói.
Quando a vida se tornou, para muitos, um pesadelo.
Quando?...



"Ele estava desempregado há muito tempo.
Tinha filhos e do trabalho restavam cadilhos. E da fome sobravam rastilhos.
Disseram-lhe: só te oferecemos emprego se te cortarmos a mão.
Ele estava desempregado há mais tempo do que sabia, e mesmo se não queria, tinha filhos, aceitou.
Logo ali no cepo a deixou.
A mão, a mão, a mão.

Outra vez despedido de novo procurou emprego.
Só te oferecemos emprego se te cortarmos a mão, aquela que te resta, a segunda mão.
Ele estava desempregado, tinha filhos, aceitou.
Porque o tempo lhe fugia entre os últimos dedos lhe fugia,
a mão, o tempo, a mão.

Porque o tempo lhe fugia, entre os últimos dedos lhe fugia,
a mão, o tempo, a mão.

E quando um dia lhe disseram; só tens emprego se te cortarmos a cabeça.
Ele estava desempregado há mais tempo do que podia, tinha filhos, aceitou, e baixando a cabeça, aceitou.

Porque o tempo lhe fugia, entre os últimos dedos lhe fugia,
a mão, o tempo, a mão."

Autoria: Gonçalo. M. Tavares.

E é mágoa, e é a revolta pelo sofrimento infligido àqueles que não têm qualquer 
responsabilidade neste descalabro !



sexta-feira, 8 de março de 2013

Mulher, Homem, Criança

A cada um o seu lugar, a cada um o seu próprio mérito, a cada um a importância que lhe cabe na sociedade.



Aos defensores dos Dias disto daquilo e daqueloutro, respeito-os, só que não faço parte desse grupo.
A Mulher tem feito o seu percurso na tentativa de alcançar os tão almejados direitos iguais. 
Direitos iguais a...?
Há muita injustiça há, sem dúvida. Mas, - e no que respeita ao trabalho -, quantas vezes essa injustiça não é transversal aos dois sexos?
Falam em quotas? Onde fica a dignidade da Mulher que se sujeita a ocupar um qualquer lugar ao abrigo das ditas?!
Não, não quero ir por aí!
A Mulher deve ser respeitada da mesma forma que o Homem, no trabalho, como na família, como na sociedade. 
A Mulher deve respeitar, ela também, aqueles que lhe estão subordinados. 
Respeitará? Convido-vos a conversarem com um Homem que tenha por chefia uma Mulher.

Respeito?
A criança deve ser respeitada.
O idoso deve ser respeitado.
O mais fraco, seja qual for o motivo dessa fragilidade, deve ser respeitado.
O Ser Humano deve ser respeitado. Ponto!

Olhemos à nossa volta, olhemos o mundo. Há respeito pelo próximo, há?!

Não, não aceito descriminações, quer pela positiva quer pela negativa. 



terça-feira, 5 de março de 2013

Desculpem!

Mas hoje?!
Não me apetece escrever.
Não me apetece falar.
Não me apetece pensar.
Não me apetece ouvir.
Não me apetece olhar.

Hoje?
Hoje quero fechar os olhos e acreditar num amanhã melhor.
Hoje quero sonhar com um qualquer futuro, com um futuro qualquer.

Hoje?
Quero viver a utopia.

Hoje?
Queria falar de esperança.

Hoje?
Hoje queria anular o ângulo de inclinação do plano.


Hoje?
Hoje queria eliminar o buraco negro.

Hoje?!




sábado, 2 de março de 2013

Recordando

Pina Bausch.

"Philippine Bausch, mais conhecida como Pina Bausch (Solingen27 de julho de 1940 — Wuppertal30 de Junho de 2009), foi uma coreógrafadançarina, pedagoga de dança e diretora de balé alemã.
Conhecida principalmente por contar histórias enquanto dança, suas coreografias eram baseadas nas experiências de vida dos bailarinos e feitas conjuntamente. Várias delas são relacionadas a cidades de todo o mundo, já que a coreógrafa retirava de suas turnês ideias para seu trabalho."

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pina_Bausch




Recorde-mo-la na sua belíssima coreografia da Sagração da Primavera.



Bom Domingo.
Boa semana.
E...?

E façam o favor de ser FELIZES!