quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

A propósito do lunfardo, ou consequência do lunfardo!


Numa (re)visita a Jorge Luis Borges, o reencontro com o lunfardo.               

.

Segundo Borges, o "lunfardo é uma graça literária inventada por compositores de tangos e autores de teatro ligeiro".
 Borges, J. L. (2013). O Relatório de Brodie, Lisboa: Quetzal Editores, p. 10

O lunfardo vai muito para além disto, mas fiquemo-nos por aqui.

Tango vs literatura vs magia? Eis a "receita" para a concretização do belo.

Ora vejam.

24 comentários:

  1. Lindíssimo! Não conhecia. Obrigada por mais esta partilha, GL! Gostei muito.Que maravilha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostou!:)
      Pela minha parte gostei imenso, mas sou suspeita; tenhoun fascínio muito especial pelo tango.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Lun quem???
    Vou mas é "zarpar" daqui antes que tu me ponhas de castigo.

    Abraço?

    P.S. Zarpar fará parte do vocabulário Lunfardo? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já "zarpaste"? Acho muito bem!
      Uma vantagem dessa "ignorância"? Já sei que presente te oferecer no próximo Natal. :)
      Não há abraço.

      Eliminar
  3. Lunfardo é a gíria argentina e uruguaia, originada da variação dialectológica dos imigrantes, principalmente italianos, que se fixaram nas classes mais baixas de Buenos Aires; a giria é usada com muita frequência nas letras dos tangos argentinos. O lunfardo teve grande influência na gíria brasileira, notadamente nos portos do Rio de Janeiro e Santos, e também na fronteira do Brasil com o Paraguai, em vastas regiões cuja colonização começou com argentinos que subiram o Rio Paraguai....segundo pesquisa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vejo que se interessou pelo tema, o que significa que gostou. Fico feliz por isso!
      Beijinho.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Que sensaboria seria a vida! O encanto está na descoberta, na aprendizagem de novas coisas.:)
      Abraço.

      Eliminar
  5. GL,
    É lindíssimo. Li o Relatório de Brodie há uns anos, não me recordava nada disto.
    Obrigada pela partilha.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ana,

      Também já o tinha lido, só que com as mudanças desapareceu. Quando me apercebi apressei-me a repô-lo. :)

      Beijinho.

      Eliminar

  6. Muñeca, Muñequita papusa, que hablas con zeta
    Y que con gracia posta batis mishé
    Que con tus aspavientos de pandereta
    Sos la milonguerita de más chiqué

    Trajeada de bacana bailas con corte
    Y por raro esnobismo tomás frizzé,
    Y que en un auto camba de sur a norte,
    Paseas como una dama de gran cachet.

    Che papusa,.. oí!
    Los acordes melodiosos
    Que modula el bandoneón;
    Che papusa,.. oí!
    Los latidos angustiosos
    De tu pobre corazón


    Que papusa, oi!
    Como surgen deste tango
    Los passages de tu ayer...
    Si entre el luxo del ambiente
    Hoy te arrastraa la corriente,
    Mañana te quiero ver...

    Milonguerita linda, papusa e breva,
    Com ojos almendrados de pipermin
    De parla afranchutada, pinta maleva
    Y boca pecadora color carmin;

    Engrupen tus alhagas en la milonga
    Com fino faroleo brillanteril,
    Y ao bailar esos tangos de meta e ponga
    Volvés otario al vivo y al rana gil...

    Topaste minha? É o "Tango" do Gardel, que devia estar com uma grande cegonha ou então de cavalete.
    “Che Papusa Oi”

    E eu que nunca tinha ouvido falar no lunfardo, fui informar-me e deixo aqui um exemplo de lunfardo num tango do Gardel.

    E rematei com duas ou três palavras do "lunfardo" portuga.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não fosse eu!...

      Importar-se-á o Sr. Carapauzito de traduzir o parágrafo a seguir ao belo "lunfardo"?!
      Cegonhas só conheço aquelas que por vezes tentam apanhá-lo. Quanto ao cavalete, deduzo que o dito ainda seja influência do Miró.

      Mas agradeço muito o seu esforço, se agradeço!

      Abraço?
      Abraço.

      Eliminar
  7. um encantador lunfardo...

    quem diria, tal "fardo" que palavra exala?...

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito interessante, mas isto é a minha singela opinião!

      Beijinho.

      Eliminar
  8. Lunfardo então! Ó ignorância minha...

    Obrigada, GL. pela partilha que me deixou mais rica!
    Uma rica moça... :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Ora bem, ser uma rica moça, isso é que é importante!
    Também não nos deixam enriquecer de outra maneira!...

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Respostas
    1. Tão bonito, não é?

      Se soubéssemos tudo a vida tinha algum interesse?:)

      Eliminar