sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Miminhos.

Um Amigo que muito prezo ofereceu-me esta prendinha:

 http://www.bird-songs.com/indexpt.htm

e mais esta:

http://www.avesdeportugal.info/

Digam lá que não sou uma felizarda!

 
Gosto de aves, todas.
Mas aquelas que me conseguem prender, fascinar, encantar,
são estas, as minhas tão amadas e delicadas andorinhas.
Tão frágeis, e simultaneamente tão fortes!
Tivéssemos nós as suas capacidades!... 
 
 
 
Fazem-me sentir livre.
Fazem-me esquecer as "histórias" de todos os dias.
E as guerras e a morte de tantos milhares de inocentes.
E as injustiças, e a miséria, e a fome.  
E a solidão, e o vazio.
E este mundo, cada vez mais "cão", e menos mundo.
 
Esquecimento apenas de segundos?
Sim! Mas segundos de apaziguamento.
 

22 comentários:

  1. GL,
    Segui os links e... é uma autêntica preciosidade.
    Gratíssimo pela partilha.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AC,

      Lindo, não é?
      Não tem que agradecer. Partilhar faz parte da minha forma de estar na vida.

      Beijinho.

      Eliminar
  2. GL...adoro pássaros e foi com alguma tristeza que vi partir um periquito "deficiente"...
    na diferença de precisar de ajudas... para sobreviver com alguma dignidade! Cresceu o suficiente para me fazer sentir útil...para ouvir o meu assobio matinal...e fiquei grata por ter a possibilidade de acreditar na sua sobrevivência...quando nasceu e meu pai lhe deu pouco tempo de vida!
    Guardarei para sempre a sua imagem!
    Por aqui...o chilrear da passarada...dá-me a certeza de que a vida tem bastante beleza se a soubermos escutar! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há simpatias que não se explicam. Só que...!
      A história do periquito, a forma como tratou dele, a dor quando o perdeu, a forma como o recorda, a relação com a passarada "explicaram", de forma, muito clara, a razão de ser da mesma. Há coisas que se adivinham!

      Beijinho.

      Eliminar
  3. Os pássaros são um importantíssimo condimento à vida.
    São um hino à alegria.
    Agora só quero fazer uma ressalva à expressão popular, (Mundo cão)
    Não concordo com ela de maneira alguma, já que se o mundo fosse como um cão, era fiel, amigo e dedicado, e mais a mais o mundo somos nós!

    http://diogo-mar.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São o bálsamo que nos ajuda a viver/entender melhor o "belo" e o significado da palavra paz.
      Penso que percebeu (ou não?) o que quis dizer com a expressão "mundo cão".
      Não foi, de modo nenhum, em desprimor dos cães.

      Eliminar
  4. Olá GL,

    Tu mereces todos os miminhos que te oferecem e já vi por aqui muitos!

    Abraço grande

    Com este tempo, será longa a espera e já tenho saudades das "minhas" andorinhas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Argos,

      Mereço? Ai é? Então está bem! :)

      Quanto às andorinhas, e segundo a Helena ("lenço de papel") parece que já chegaram, mas ainda em número reduzido. Temos que aguardar, com calma, que venham em bandos grandes, GRANDES.

      Abraço grande.

      Eliminar
  5. Querida GL claro que és uma felizarda, isso nem se pergunta...há algo mais precioso do que a AMIZADE (nem o AMOR).
    Abracinho meu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, maria teresa,

      Tens razão! A amizade, quando sincera, é dos sentimentos mais nobres.
      É o ombro que se nos entrega, é o comungar das coisas más, mas igualmente das boas, é a partilha, é a entreajuda, é...? É tudo isto e muito mais!

      Beijinho.

      Eliminar
  6. as andorinhas voltam sempre ao beiral que as acolhem...

    em seu prenúncio de Primavera.

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre!
      Sempre presentes, e com elas a alegria de um tempo novo.

      Beijinho.

      Eliminar
  7. Tenho um fraco assobio e ainda mais fraco jeito para imitar; mas mesmo assim tenho estabelecido bons "diálogos" com algumas aves e agora estou a falar a sério e não me refiro a "aves de arribação". Qualquer dia vou tentar uma gravação (se não me esquecer). Quanto aos "teus" links, tive acesso ao 2º mas não ao 1º, mas vou tentando.
    De qualquer maneira, também possuo aqui alguns "cantares de amigos", mas como não tenho o endereço do site donde certamente vieram, mando-te, para o mail deste blog, essa prenda.
    Um abraço, com direito a um assobio fiuuuuufiuuuuu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assobio fraco? Valha-me Deus! Chamar a um simples sopro um assobio, enfim...!
      Agora também estou a falar muito a sério, ouviu Sr. Carapauzito?. Quero ouvir essa famosíssima gravação, esses diálogos. As aves nem te ouvem, para que estás com ilusões? Bem, mas dou-te o benefício da dúvida!

      Testei os links e abro qualquer deles. Não sei o que se passa com o teu computador

      Abraço sem assobio. Tenho falta de ar!!!!!

      P.S. Não recebi a prenda prometida no mail. Se puderes reenvias? Agradecida!

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Há lá seres mais bonitos!

      Boa semana.

      Eliminar
  9. e já chegaram, ainda timidamente. Fazem normalmente 10.500 km todos os anos. são fantásticas. choram os seus mortos, quando uma delas morre a outra não sai da sua beira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom, ainda não vi nenhuma. Espero-as ansiosamente.
      Cada vez me surpreendem mais. Admirava-lhes a resistência, agora também o comportamento. Choram a companheira que morre e ficam junto dela? Espantosas!
      Obrigada por mais esta achega relativa às minhas amigas.
      Boa semana.

      Eliminar
  10. Já sinto falta das andorinhas que me visitam a janela.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Segundo informação da amiga Helena, do "lenço de papel", as nossas valentes já começaram a chegar, ainda que em número reduzido. Resta-nos aguardar.
      Abraço.

      Eliminar
  11. Muito queridas estas andorinhas. Nunca mais vem o tempo delas.
    Apreciei muito as suas palavras.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Segundo parece estão a chegar, só que este tempo não é nada amigo delas.
      Tranquilizam-me tanto, fazem-me sentir tão bem!
      Singelezas que nos fazem felizes.

      Beijinho. :)

      Eliminar