sexta-feira, 21 de março de 2014

Há dias assim...

...tristes, que deprimem.

É o homem, andrajoso, caído na rua, encostado à parede de um prédio numa imobilidade que assusta. Pede-se ajuda à polícia. Ajudam-no a erguer-se. Mal se segura em pé.
É o homem, de telemóvel colado ao ouvido, que fala, melhor, que grita em desespero, dizendo que a ser assim prefere emigrar. Dramas que parece virem ter comigo.
Gostava(?) de ser como a maioria que, não vê, não ouve, nem sequer se apercebe do que se passa ao seu lado. Por tudo isto, desculpem-me, mas hoje procuro, desesperadamente, algo que apazigue um pouco este desconforto.

Assim:
Uma Amiga ofereceu-me este postal de belas flores.

Uma outra, este postalinho que remete para um conjunto das nossas coisinhas, tão boas, tão genuínas, tão portuguesas.

 
E por último. Haverá algo mais bonito que a minha amada Lisboa? Ora vejam.


 
Há dias assim, dias em que é absolutamente necessário encontrar um qualquer lenitivo, nem que seja nas coisas mais simples.
 
 

20 comentários:

  1. GL,
    O postal é lindo.
    O das nossas coisas também.
    Adoro Lisboa e a sua luz.
    Beijinhos. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ana,

      É caso para dizer: a beleza na singeleza.

      Beijinho. :)

      Eliminar
  2. Concordo plenamente!
    Vivemos num mundo tão conturbado e conspurcado...que é urgente sentirmos que a simplicidade e a beleza...animam nossa alma!!! Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A bem da nossa sanidade mental.

      Beijinho.

      Eliminar
  3. A luz de Lisboa é apaziguadora e olhar o Tejo acalma o coração ...
    Beijinho, GL! E bom fim-de-semana, na medida do possível...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Sandra!

      A luz da minha Lisboa é única, só que eu sou suspeita nesta apreciação!... :)

      Beijinho.

      Eliminar
  4. Para esses dias, aconselho um passeio relaxado!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um conselho a seguir, só que nem sempre é viável!

      Eliminar
  5. Sim, a dias assim. Mas acredito que precisam existir.
    Sim, Lisboa é linda,
    sim, sua gente é maravilhosa e suas coisas são assim, vão entrando na vida da gente e ocupando desde a porta de entrada da casa, até o coração das pessoas que lá moram.

    bjs nossos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas vossas palavras.

      Um grande beijinho para todas.

      Eliminar
  6. Valha-nos as coisas simples da vida, que são mesmo as mais belas.
    Beijinhos e uma semana colorida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada!
      Que corrente de ar aqui passou! Seria uma lufada de ar fresco? :)

      Beijinho.

      Eliminar
  7. Pensar positivo.
    Tem que ser assim!
    Boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro,
      Tem que ser, eu sei, mas não é fácil!

      Abraço.

      Eliminar
  8. Não há muros intransponíveis

    para o sonho

    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só que o sonho não é tudo! :(

      Beijinho

      Eliminar
  9. TEM AQUI TANTOS AMIGOSA DAR-LHE O OMBRO QUE EU ESTARIA A MAIS, MAS COMO A ENTENDO. PASSEAR NAS CIDADES (FALO AGORA DO PORTO) TORNA-SE CADA VEZ MAIS DEPRIMENTE

    ResponderEliminar
  10. A mais? Há pessoas (poucas) que têm essa capacidade: é sempre bom tê-las por perto.

    Para aqueles que têm essa capacidade de ver é, de facto, um suplício.
    Alguém me dizia há dias: "tu vês essas coisas todas, eu não vejo nada disso!".
    Calei-me. Muda de espanto, muda de pena.

    ResponderEliminar