terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Help!


Estou em casa, e não sozinha. Porquê esta explicação prévia?
Calma!
Estou a "ouvir" a discussão entre umas "meninas", segundo parece muito bem informadas, num programa intitulado Barca do Inferno. Num exercício vocal que deve ter como única finalidade avaliar qual delas consegue um agudo maior, cada uma grita mais alto do que a vizinha do lado numa tentativa de explicar qualquer coisa. O quê? Não faço ideia!
 
 
Fonte: Google
  
Mas temos que ser sujeitos a isto? Sei que há uma coisa chamada comando que tem uma função destinada a desligar o televisor, mas já agora quero ver onde, e como acaba, esta "sessão" de esclarecimento.
E agora a explicação prometida. Se estivesse sozinha talvez já tivesse usado o dito comando, e daí não sei: ouvir estas tristes almas só esclarece, pelo menos a "qualidade", a clarividência, das ditas...

28 comentários:

  1. É assim que a audiometria "diz" que os portugueses gostam de .erda !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também me parece, João!
      Uma vergonha, uma tristeza tudo isto. Já não há paciência!

      Abraço grande, Amigo.

      Eliminar
  2. GL,
    Compreendo o seu help.
    Felizmente vejo pouca TV.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ana,

      É um susto, já para não dizer que há programas que deviam envergonhar os responsáveis.:(

      Beijinho.

      Eliminar
  3. São as pop srtars do comentário pplitico ...enfim

    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São uma tristeza, uma lástima, uma... É melhor ficar por aqui!

      Bjs

      Eliminar
  4. Ainda bem que essas tretas não passam por aqui.
    Já dei!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que sorte, Pedro!
      É facto que ninguém é obrigado a ver, o problema reside naqueles que GOSTAM de ver.

      Abraço.

      Eliminar
  5. Agora fiquei baralhada..."Boca do Inferno" ou Barca de inferno? Não tenho visto porque perdi completamente o interesse por tal programa ainda por cima na televisão pública que todos pagamos sem bufar. Nem sequer consigo imaginar o que ganham aquelas "cabecinhas pensadoras e um Nilton armado em tótó":)
    Enfim...mas respeito quem goste.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, Fatylt, tenho andado com pouca disponibilidade para vir até ao meu cantinho, daí o facto de ainda não ter agradecido o seu alerta. A baralhação foi minha, o programa intitula-se mesmo Barca do Inferno. Como pode verificar já corrigi.
      Penso que esta gralha se deve a um acto falhado: é aquilo mais parece as bocas do inferno!
      O Nilton mede dó. Continuo a pasmar com determinadas pessoas que se prestam a participar/moderar(?) certos programas.

      Respeitar quem gosta? Em vez do verbo respeitar prefiro o verbo lamentar.

      Beijinho.

      Eliminar
  6. É aí que entra o silêncio na minha mente...e por muito que se grite...recuso a ouvir!!!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma bela forma de nos defendermos!

      Beijinho

      Eliminar
  7. Há, claramente, uma pessoa a mais na Barca. Manuela Moura Guedes. Ela está na origem de todas as discussões. Não tem classe, é ridícula. Sofia e Isabel não estão mal e o elo mais forte é, sem dúvida, Raquel Varela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Posso fazer uma pergunta pateta, posso? Quem é a Raquel Varela? Não é ironia, é que não sei mesmo. Podia ir ver, mas assumir ignorância nunca me afligiu. :))
      Essa é a melhor? Valha-nos Deus, parece-me que cada uma é pior do que a outra!

      Eliminar
  8. Nunca vi o programa a Barca do Inferno...mas fizeste-me aguçar a curiosidade e fui procurar...
    Depois de ouvir a introdução da Isabel, a Sofia e a Raquel......vem aquela aquela ave rara chamada Manuela Moura Guedes...e ouvi-la falar em Justiça...(se houvesse justiça eu não tinha que levar com aquela criatura no ecrã da tv publica e eu ser uma das que pagam os rendimentos que ela aufere...)
    Depois... começaram todas a cacarejar...
    Como eu vivo sozinha, tirei-lhes o pio imediatamente,... não tenho saúde mental, para gramar programas desde género, que não acrescentam rigorosamente nada a nada!
    Beijinhos
    Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já viste? E que tal, ficaste fidelizada? Só pode!
      Uma tristeza, não para mim que nunca mais vi, era só o que faltava.

      Beijinho.

      Eliminar
  9. Eu e a SIC Notícias temos uma relação de grande proximidade. Não vejo outra coisa. Vejo pouca televisão e quando vejo é sempre SIC Notícias. Não me escapa nenhuma reportagem nem documentário. Nunca devo ter perdido um "Toda a Verdade". Eu seria mais feliz a viver a ignorância, disso tenho a certeza, mas fui desenhada para ser assim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não eras mais feliz e apenas por uma razão: há coisas que não se modificam, e a tua maneira de ser e estar na vida é demasiadamente genuína para ser alterada.

      Beijinhos, guerreira.

      Eliminar
  10. Sabes uma coisita? Eu gosto de pensar pela minha cabeça e mais não digo!

    Abraço ou ficaste zangada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu não sei? E não é assim que deve ser?
      Sim, há muitos - atrevo-me a dizer que a maioria -, que vão atrás daqueles que mais barulho fazem, e isto é válido para quase tudo.
      Nunca te incluiria nesse grupo, nunca!

      Abraço grande, Amigo.

      Eliminar
    2. Ah, só mais uma coisa. Ficava zangada porquê?
      Posso bater-te, posso?! :))

      Eliminar
  11. "O Espectáculo" têm diversas modulações.
    até meninas saltitantes aos gritinhos.

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É caso para dizer que há espectáculo para todos (ou nenhuns) gostos.

      Abraço.

      Eliminar
  12. E é por isso, que cada vez gosto mais do National Geographic ou do Dicovery Channel... pelo menos os animais são nossos amigos... e não nos agridem tanto os tímpanos... até o piar duma caturra será mais suportável, do que assistir a tal programa...
    Confesso que da televisão portuguesa, só há dois programas que eu assisto sempre que posso...
    Na Sic Notícias, "Toda a Verdade".
    Na TVI24, "O Observatório do Mundo".
    Tudo o resto me passa ao lado, a não ser os noticiários da Sic Notícias... e sou fã dos canais por cabo, confesso... onde sempre se vai ficando mais esclarecida sobre outros temas...
    Beijinhos. Bom fim de semana, GL!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, muitos de nós tem escapatória, mas e aqueles que não têm?
      O "Toda a verdade" vejo quase sempre, o "Observatório do Mundo" não. Tenho que ver qual o horário.
      Quando não encontro nada que me interesse a "salvação" é o Mezzo. Ao menos aí há sempre algo que me agrade.:))

      Beijinhos.

      Eliminar
  13. Li o post e não entendi nada. Perguntei-me: a que se refere isto? "Cheirou-me" a um eventual concurso de TV, mas não mais do que isso. Depois ao ler 2 ou 3 comentários é que percebi que se tratava de um "programa de televisão". Como não gasto disso, passo bem obrigado, não tenho queixas a apresentar.
    Assim se conclui como "ser ignorante" também pode ter vantagens".
    Abraço e "bons" programas. :)

    ResponderEliminar
  14. ... e assssim se vota em consciência(?)

    ResponderEliminar