quinta-feira, 23 de julho de 2015

Olhos que falam!



Quanta ternura no olhar destes meninos!

 
Quanta pureza, quanta verdade!
Mãos-dadas, e assim tem sido vida fora.

 

20 comentários:

  1. O afecto verdadeiro.
    Beijinho e que perdure, sempre.
    Beijinho.:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais possível, Ana!
      Um afecto que se tem mantido inalterável ao longo do tempo.
      Beijinho:)

      Eliminar
  2. O mais pequenito é o Filipe Portugal? Não aceite o comentário se não for oportuno, mas assim que olhei para a fotografia, nem vi mais nada do que a cara dessa criança, que me lembrou o seu menino de oiro.
    Posso estar choné, que a esta hora já não jogo com o baralho todo.
    A fotografia está uma ternura.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, esse olhar fotográfico que capta tudo!:)
      É o Filipe Portugal, sim.
      Penso que esta fotografia foi tirada por mim, mas tinha-lhe perdido o rasto. Agora, foi ele, revisitando álbuns da infância de ambos, dele e do irmão - o outro menino -, que a encontrou.
      Acho-a uma delícia! Desde sempre foram muito cúmplices, muito amigos, e agora, homens feitos, mantém essa mesma relação de amizade bem forte.
      Uma alegria imensa ver que a vida, os anos, não destruíram a amizade imensa que unia/une os meus meninos/homens, mantendo-os iguais àquilo que sempre foram.

      Estás choné? Não te preocupes, não se nota nada.:))
      Beijinhos

      Eliminar
  3. E de mãos dadas se fazem à vida. Com ternura.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E assim tem sido vida fora, uma bênção para todos nós que tanto os amamos.
      Beijinho

      Eliminar
  4. Está fotografia deixou-me sem palavras. Fiquei impressionado com a semelhança entre outra foto que
    conheço muito bem.
    A ternura é um gesto que pode demonstrar um sentimento chamado amor fraterno. E esse pode ser caracterizado de muitos modos, mas o mais importante é que perdure e se mantenha incondicional.

    Abraço muito grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual? Eu também conheço?
      Enquanto crianças é ternura, simplesmente. Depois, e com o decorrer do tempo, essa ternura pode, de facto, dar lugar ao amor fraterno, concordo em absoluto.
      O que nos enternecia, ainda mais, era o ar protector do mano mais novo em relação ao mais velho. Era engraçado quando, por exemplo, ao atravessar uma rua, a mãe dava a mão ao mais novo. Como andavam quase sempre lado a lado, o mais novinho, e sem que se lhe dissesse nada, dava sempre a mãozinha ao mano mais velho.
      Este amor fraterno - como o classificas, e bem! -, tem-se mantido ao longo dos anos. Hoje, como ontem, mantém a mesma preocupação, o mesmo interesse em que tudo corra bem, quer para um, quer para outro.
      Estes meus meninos são mesmo de ouro, Deus os guarde.
      Sim, porque os Homens, aquilo que são hoje, continuam a necessitar dessa protecção.

      Abraço grande, Amigo.

      Eliminar
  5. ~~~
    ~~ Fico sempre muito emocionada
    com estas notícias sobre crianças, embora sejam já adultos.

    ~~ Mérito também de quem educa.
    ~ A ternura imensa de um amor puro! Que dure para sempre.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ~ ~ ~ Beijinhos, com os meus emocionados parabéns. ~ ~ ~
    ~ ~ ~ ~ ~

    ~ Ps
    ~ O seu Filipe de Portugal é o primeiro bailarino
    de 'ballet' clássico, que atua no 'ballet' de 'Zurich'?
    ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tão gratificante, tão bonito de se ver/partilhar!:)
      Mérito também de quem educa, diz bem. Estamos perante uns pais super atentos, que sempre quiseram, acima de tudo a felicidade dos filhos.

      O meu Filipe Portugal é esse mesmo: o primeiro bailarino do ballet de Zurich!:)
      Majo, conhece-o? Não me diga que já o viu actuar!:))
      Ui, que orgulhosa fico.:)) É feio? Será, mas é verdade!
      Beijinho

      Eliminar
  6. Ah!...Pois, Zurich!
    Não sabia, mas desconfiava... :)
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se desconfiava agora tem a certeza.
      Fica contente? Óptimo!:))
      Abraço.

      Eliminar
  7. Uma verdadeira ternura!
    A ternura entre crianças é sempre incrivelmente bela!!!
    Bj amigo e viva os homens que conseguem manter essa ternura pela vida fora!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é para mim o milagre maior: manter a ternura, depois o respeito, e sempre, sempre, uma amizade ilimitada.

      Beijinho

      Eliminar
  8. reconfortante,
    como água na bebida na fonte...

    abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo! Essa é a interpretação mais bela, mais verdadeira.

      Abraço

      Eliminar
  9. Nunca me esqueço daquele que trás no coração
    carinho amor e respeito um bem querer.
    Como é bom poder contar com sua amizade,
    como é bom ter esperança mesmo ,
    quando imaginamos estar sozinhos.
    Sem duvidas não é verdade tenho sua amizade,
    fidelidade e o amor incondicional de Deus.
    Deixo um abraço com muito carinho
    Beijos no seu doce coração.
    Evanir S Garcia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um abraço também para si, Evanir.
      Tudo de bom para a sua vida.

      Eliminar
  10. Irmãos, ou amigos...
    Quando os laços são autênticos... nem a vida os conseguirá separar...
    Bjs
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que gratificante é constatar isso!...

      Beijinhos

      Eliminar