quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Colmatar lacunas?

É caso para dizer: já não era sem tempo!
Quantos governos se preocuparam com esta problemática? O que têm feito em prol da pessoa com deficiência e famílias? Além de retirarem alguns direitos adquiridos por esses cidadãos, tanto quanto sei - admito poder não estar devidamente informada - nada mais se fez.
Na década de 70 ainda houve uma abordagem, uma tentativa de encontrar alguma resposta, principalmente em termos de emprego, para essas pessoas. Depois? Depois foi o vazio, ou quase. 
 
Por tudo isso, congratulo-me com a noticia do Público, segundo a qual Ana Sofia Antunes, será a primeira secretária de Estado cega a ir para o Parlamento. Segunda palavras suas:  "Mais do que a minha ida para o Parlamento, é uma abertura de portas para as pessoas com deficiência.”*

Por tudo isto tenho esperança que consiga mudar, não só mentalidades, como tenha um acção activa no que respeita à problemática da pessoa com deficiência.


 
"Ana Sofia Antunes é a primeira secretária de Estado cega.

Ana Sofia Antunes estava em 19.º lugar nas listas do PS pelo círculo de Lisboa. Foram eleitos só 18. Ficou à porta do Parlamento, mas entra agora para o Governo como secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência. Republicamos, com as devidas adaptações, um artigo publicado em Agosto.

(...)

“Nós, ao contrário de outros países europeus, nunca tivemos pessoas com deficiência a ocupar cargos como deputados ou no Governo”, nota, considerando que essa lacuna, em termos de representação, “diz muito” sobre a própria sociedade e sobre o país. Por isso, não podia recusar o desafio: “Aceitei com muito orgulho. Mais do que a minha ida para o Parlamento, é uma abertura de portas para as pessoas com deficiência.”
 
" Ler mais aqui.

Vamos embora Sr. Secretária de Estado, faça o favor de desempenhar um óptimo e útil trabalho em prol do cidadão com deficiência. Provavelmente não vai ter a vida facilitada, mas aí residirá o seu mérito: capacidade de inverter uma situação que devia envergonhar todos os governos anteriores, repito: TODOS.
 
*Sublinhado meu. 

 

 

25 comentários:

  1. Fui professora e senti na pele a dificuldade em integrar os alunos portadores de deficiência...o que me causou muita angústia...contudo senti muito orgulho quando os encontrei... anos mais tarde...cidadãos felizes! Por isso...que a nossa ministra consiga abrir o olhar a muito boa gente! Boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito, Graça, que não tenha sido fácil para si. É precisamente para colmatar essa dificuldade que existem os professores especializados em Educação Especial. Pena é que o Ministério da Educação nem sempre tenha em conta essa realidade.

      Beijinho

      Eliminar
  2. Pessoas com deficiência... serão todos aqueles, que no pleno uso das suas capacidades... estão na assembleia, e em outros lugares cimeiros, na representatividade deste país... para nos taparem os olhos, a nós... quanto à sua incapacidade crónica, na resolução dos problemas deste pequeno rectângulo de brandos costumes, à beira mar plantado...
    Congratulo-me quanto à sua admissão... que sirva mesmo para mudar mentalidades, neste país...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo. Não acrescento nem retiro uma única palavra.
      Resta-nos esperar para ver. Será que Ana Sofia Antunes consegue levar a cabo aquilo que sabe serem as necessidades reais nessa área?!

      Beijinho, Ana.

      Eliminar
  3. Uma boa novidade sem dúvida.
    Mais não seja, Costa está a quebrar alguns tabus - uma mulher negra, uma invisual.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que consiga ir frente. Por vezes há um pézinho, "inocente", que provoca o trambolhão.

      Boa semana.
      Beijinho

      Eliminar
  4. Subscrevo as tuas palavras.

    Na fábrica das leis a que chamam parlamento nem sequer tem acessos para cadeiras de roda, que o diga o deputado, varreu-se o nome, que por lá anda. Só quem lida e ou têm um familiar com deficiência é que sabe bem o que passam para derrubar muros de hipocrisia, estupidez e falta de tudo. Sei do que falo pois tenho uma sobrinha lindaaaaaaa e que vai também marcando pontos.

    Tiro o meu chapéu a esta nomeação, porque sim e que Ana Sofia faça o melhor e desejo-lhe toda a sorte do mundo.

    Beijocas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Queres vergonha maior, ou melhor, maior prova de insensibilidade?
      Um mundo de hipócritas, de gente que não é obrigada a saber tudo, mas que têm o dever de ouvir quem sabe.

      Boa semana.
      Beijinhos.

      Eliminar
  5. Lindo, lindo foi o título do Público, hoje:
    "Costa chama cega e cigano para o Governo"

    Nunca iremos evoluir?

    ResponderEliminar
  6. Calma, não foi o Público, foi este Jornal de atrasados:

    http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/politica/detalhe/executivo_integra_ex_autarca_cigano_e_cega.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que é que esperas dessas criaturas? Não é o jornal com maior tiragem? Á custa de quê?

      É não disseram que um é moreno, a outra loira, um é alto outro baixo? Ah, foi esquecimento!

      Não há paciência para aturar isto, essa é que é a verdade.

      Ou muito me engano ou têm muito que aprender com a cega e o cigano. Com a primeira aprendem determinação, com o segundo valores. Sim, valores! Quais? perguntarás. Para já, e sem me alongar, o respeito que têm pelos seus velhos.
      Ah, mas roubam, e tal? Não sejam idiotas. Olhamos para n ilustres, não ciganos, e só vimos "mãos limpas".

      Já estou a fumegar!!!!
      Beijinho.

      Eliminar
  7. Vontade não faltará e esta ministra. Se tiver os deuses do seu lado, tem tudo para realizar um belíssimo trabalho. Porque há muito para fazer na área para que foi chamada por António Costa.

    A frase que Nadine Pinto refere é, simplesmente, mais uma demonstração de estupidez de quem a escreve.

    Beijinho, GL.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os deuses e os homens. Há homenzinhos que são de uma "sensibilidade" que dói.

      Boa semana.
      Beijinho.

      Eliminar
  8. E o Expresso?
    http://expresso.sapo.pt/politica/2015-11-25-O-secretario-de-Estado-cigano-de-pai

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Do Expresso esperava-se mais. De qualquer maneira, tanto quanto me parece não foram acintosos, o que já não é mau.:)

      Beijinho

      Eliminar
  9. Na verdade não se vê com os olhos
    vê-se pelo cérebro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E com o coração, ou pelo menos assim devia ser.

      Eliminar
  10. Eu torço pela senhora secretária de Estado, já vai sendo altura de mudar mentalidades. Esperemos que faça a diferença neste país ainda com muitas vendas nos olhos.

    GL, estou na fase do: a ver vamos.. portanto aguardemos com calma. Nada mais se pode fazer no momento.

    Tenha um óptimo fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, Maria, só que mudar mentalidades por vezes não é difícil, é impossível.
      Aguardemos, diz bem, só que este meu lado pragmático não me permite grandes esperanças.

      Boa semana.

      Eliminar
  11. Embora não seja de esquerda, vejo com agrado a preocupação na integração de diversas sensibilidades no novo Governo. Muito bem!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se trata de sensibilidades, Carpe, trata-se de pessoas como quaisquer outras, com o pormenor de uma ser cega, o outro filho de um cigano. Isto fará de qualquer deles uns "extra terrestres" que têm "direito" a um tratamento diferente?
      Beijinho

      Eliminar
  12. em verdade, é o aprofundamento da democracia "real"....

    que todos os sinais de cumpram...

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro, democracia é isto mesmo!:(

      Boa semana.
      Beijinho

      Eliminar
  13. ~~~
    ~ Muito bem observado e sublinhado, MJ.

    ~~~~~ Dias aprazíveis. Beijinho. ~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É triste quando o sublinhado vai para disparates destes.

      Boa semana.
      Beijinho

      Eliminar