terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Adenda ao post anterior.

Nada como um  testemunho na 1.ª pessoa.
Nada mais esclarecedor, nada mais verdadeiro porque sentido e vivido e sofrido.
Por tudo isto, e com a devida autorização do nosso Amigo, um Amigo que também navega nestas "águas" da blogosfera,  faço questão de partilhar convosco o comentário por ele escrito e relativo ao post anterior.
"Seja qual for a deficiência, seja ela visível ou não, no essencial somos iguais aos não deficientes.
Sentimos a dor ou o conforto, rimos e choramos, desejamos, amamos...podemos é não nos expressar da mesma forma que os ditos " normais".
Temos , a maioria de nós , uma vida mais solitária e com mais desafios.  Orgulhamo-nos das nossas conquistas e  valorizamos as pequenas coisas que nos rodeiam.
Aprendemos a ser imensos num mundinho pequeno e com demasiadas fronteiras.
O que  temos dificuldade em compreender?
As pessoas bem " intencionadas " , a indiferença, o desprezo, a " condescendência", o desviar o olhar.
Cá em casa reinventamos a felicidade todos  dias afastando as amarguras e temos reptos em vez de cruzes!

Abraço grande de alguém com paralisia cerebral que todos os dias luta para desmistificar o termo  :)"



Não, aqui não cabe só o sofrimento, muito menos a revolta.
Aqui adivinha-se o "cerrar de dentes".
Aqui adivinha-se a força, a determinação, o querer - e conseguir! - ir em frente.
Haverá melhor presente de Natal do que partilhar esta vivência? É que a vida é composta de tudo: bom , mau, assim-assim, numa roda que não pára.
É, é verdade, há pessoas que apenas querem conhecer(?!) o lado bom da vida. Pobres delas! ... 

Para ti, Amigo, o meu AGRADECIMENTO sincero por esta belíssima lição de vida.

 

17 comentários:

  1. Li o comentário ali em baixo e não contive as lágrimas de raiva nos que teimam em marginalizar pessoas tão capazes e ou ainda muito mais que todos aqueles que os praticam. Mais, este testemunho ainda deu mais realce ao mundo hipócrita, desolador, mentiroso, tão solidário etc. onde incluo quem governa, quem emprega, quem...quem...o raio que os parta a toda essa gentinha, perante quem padece de qualquer deficiência. Estamos na época de "um mar de rosas" e no entanto os espinhos são distribuídos a cada minuto, hora,dia, semana, mês...onde a palavra de ordem é a mesma...o desprezo!!!

    Um enorme abraço "Ricardo" e GL fizeste muito bem em elevares a post o comentário, porque a maioria não os lê.

    Feliz Natal

    ResponderEliminar
  2. Uma bela lição de vida que nesta época do ano nos toca maus intensamente... por isso um abraço onde nossos corações se tocam e desejam Festas Felizes!

    ResponderEliminar
  3. Votos de um Santo Natal para si e família.

    ResponderEliminar
  4. Sublinho o comentário da Graça - uma bela lição de vida! A reler muitas vezes para não esquecermos o essencial: a coragem perante as dificuldades e a valorização dos momentos bons com que a vida nos vai presenteando.
    Na Holanda, algo que me chamou a atenção de imediato, foi o respeito que existe para com as pessoas com algum tipo de deficiência: não se evita olhar ou contactar, observa-se que os familiares são muito presentes, a cidade está muito bem adaptada às necessidades (sobretudo ao nível da mobilidade), e as organizações são estimuladas a contratá-las. Não observo condescendência nenhuma. Lida-se com naturalidade, como assim deve ser. Foi uma das diferenças que notei em relação a PT ( não sei se agora, já será diferente...).
    Boas Festas!

    ResponderEliminar
  5. Li o post anterior e agora o comentário.
    Chocante a atitude de certas pessoas perante pessoas com deficiência, afinal sentem e emocionam-se como nós.
    Um estigma que ainda perdura na nossa sociedade, salvo honrosas excepções.

    Feliz Natal para ti

    Beijos da Manu

    ResponderEliminar
  6. A deficiência - prefiro chamar diferença - merece todo o respeito.
    Quem não lho der não pode ser feliz.

    Um Santo Natal para ti e entes queridos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. ~*****~
    ~~ DIAS AMOROSOS, PLENOS DE PAZ E HARMONIA

    PARA TI, MEIGA MJ E PARA O TEU CORAJOSO AMIGO.

    ~~~ Abraços amigos, desejando-vos o maior sucesso. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  8. O termo "normal" associado às pessoas é, já à partida, muito estranho. Afinal alguém consegue dizer de forma concreta que esta pessoa é normal e a outra ao lado não é?! Uma pessoa com algum tipo de limitação física, doença mental, não pode, não deve, ser excluída de uma sociedade a abarrotar de pessoas que, essas sim, por vezes nada têm de normal. O que quer que isso de normal queira dizer.

    Aproveito para lhe desejar um bom Natal, GL.

    ResponderEliminar
  9. Completamente de acordo, GL. Há um slogan que diz, "Somos todos válidos." É a minha forma de ver a vida, simplesmente! Aproveito para lhe desejar um Santo e Feliz Natal, repleto de momentos felizes!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Gl,

    Um Santo Natal na companhia de quem mais amas.

    Abraço grande

    ResponderEliminar

  11. Hoje passo para desejar um feliz Natal com todos os que AMA

    É uma época de muita nostalgia.

    Para mim, não é bem todo o mês de Dezembro,
    mas... tal como acabei de descrever no post que fiz HOJE
    ...
    toca-me particularmente, por aquilo que presenciei a minha pikena Tânia
    a sofrer e a ser abandonada por profissionais de saúde,
    a 2 dias do Natal.
    Haja mais humanidade no coração das pessoas!

    ...

    Também pelas ausências, dos que já se foram...
    e... fizeram parte dos meus MELHORES NATAIS
    principalmente na Infância e na adolescência.

    Feliz Natal, com afectos, saúde e paz.

    Beijinho da Tulipa.

    ResponderEliminar
  12. Todos somos normais com alguma deficiencia.
    Algumas quase invisiveis aos outros.
    Algumas que até se transformam num traço individual bem recebido.
    Mas somos isso - todos - pessoas, com diferentes graus de deficiência.
    Eu por exemplo sou miúpe, tenho estigmatismo, um ligeiro deficit na discriminação auditiva que fez com que fosse uma tarefa hercúlea aprender a escrever sem erros ortográficos, tenho uma ligeira sindactilia entre dois dedos dos pés, o nariz torto, etc, etc…
    Tudo coisas menores, sem qualquer importância, por isso é fácil olhar para mim e ver uma pessoa, não os meus deficits
    É isso que tento fazer com qualquer pessoa!

    Boas festas GL

    ResponderEliminar
  13. GL,
    Obrigada por esta partilha. Por levantar questões tão pertinentes e dar respostas tão esclarecedoras e satisfatórias.
    Feliz Ano Novo! :))
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
  14. E como eu já disse anteriormente, por aqui... no limite, somos todos deficientes... todos temos os nossos defeitos... sendo os mais graves, de carácter... por quase sempre, causarem dano aos demais...
    Adorei o destaque dado, à opinião do Ricardo... e maior deficiência, não será certamente, a paralisia cerebral... mas sim a paralisia de consciência... que infelizmente afecta um grande número de pessoas... aparentemente normais... que persistem num comportamento anormal ditado pelo preconceito, ou ignorância, ou um errado juízo de valores...
    Passando por aqui, desejando a continuação de Festas Felizes, e deixando os meus votos de um Bom 2016, com saúde, pleno de alegrias, e realizações, para si e todos os seus, GL!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  15. Venho desejar Boas festas e que possa ser um Ano Novo,não no calendário, mas dentro das nossas vidas.


    Com um beijinho amigo,

    Daniel (Lobinho)

    ResponderEliminar
  16. *****
    ~ Uma Entrada Amorosa, Feliz e Auspiciosa.

    ~~~~~ Beijinhos amigos, MJ. ~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  17. Para todos - e uma vez mais com o meu pedido de desculpa por não responder individualmente -, o meu agradecimento pela mais valia que constituíram os vossos comentários.
    Estamos perante um problema muito sério, daí que a vossa opinião/testemunho se revele da maior importância.

    Um grande abraço para todos.

    ResponderEliminar