domingo, 31 de maio de 2015

Abertura da Expo 2015 - Milão

É verdade, a Expo 2015 realizada em Milão, já abriu.

Deixo-vos como uma das belas imagens mostradas hoje, a Árvore da Vida, aquando do Concerto de Abertura, transmitido através da RTP2, às 15h.





Que tal? Lindíssima, é o mínimo que se pode dizer!
Portugal? Está muitíssimo bem representado, ora essa!

Segundo o "Público": (aqui)

"Oito milhões de euros afastam Portugal da Expo Universal de Milão (Manuel Carvalho 23/02/2015).
Portugal é dos poucos países europeus que não vai à Expo 2015. A decisão, justificada principalmente pelos custos, coube ao Ministério da Agricultura. A CAP fala num “erro” e numa “oportunidade perdida”.
O tema da Expo é a alimentação, um dos sectores que mais têm empurrado as exportações nacionais." 
(...) A Bielorrússia vai. A Espanha também. A Grécia e a Irlanda não faltam. Moçambique, Angola e São Tomé e Príncipe também decidiram ir. Portugal não. Portugal é aliás um dos poucos países da União Europeia que vai estar ausente da Exposição Universal de Milão, que abre as portas no próximo dia 1 de Maio e que terá como tema “Alimentar o Planeta, Energia para a Vida”.




 
Mais palavras? Para quê?!
É lamentável? Nada disso, nós é que não percebemos nada. Mas NADA, de NADA!

Ouçamos, apenas, Andrea Bocelli.
Já percebemos que é a única coisa que ajuda a superar a raiva, a vergonha, a revolta que tudo isto causa.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Benedita, a Formosa!

Parabéns, boneca!
Com que então a menina faz hoje um aninho!
Já? Mas a menina parece que nasceu ontem! E nesse "ontem" pregou-nos um susto valente.

Que importa o susto se tudo correu bem?
Que importa o susto se a menina, além de estar óptima, está linda de morrer?

Esses olhos azuis, ai esses olhos!...
E o cabelo que está a ficar igual ao da mamã? Uma vaidosa, é o que a menina é!

Que Deus a abençoe, que Deus a guarde e proteja vida fora.
Que Deus a deixe crescer sempre rodeada do amor de todos, e tantos são!


O meu presente? O que é que lhe parece, se a menina quase só gosta da galinhita?!
Faça o favor de a ouvir, de preferência a dançar. A menina ainda não sabe dançar bem? Ah, mas para lá caminha, e rapidamente!

Um óptimo dia para todos: menina, papás, manos, avós, amigos, todos.

Beijinho, princesa linda, ainda que longe estou bem presente!
A menina não acredita? Não?! Mas olhe que é verdade!



Adenda: A minha menina pediu-me ao ouvido, em segredo: quer que escreva o nome dela, e não apenas a letrinha B.
Muito bem, princesa, já está.


domingo, 24 de maio de 2015

Fascínios!


Todos nós temos os nossos próprios fascínios, e eu não sou excepção.
Fascinam-me janelas e portas antigas, daquelas que nos fazem sonhar/imaginar a quem pertencem/pertenceram.
Que vidas guardam, que segredos escondem?
Quem as projectou? Quem as construiu? Que mãos as abrem e fecham?
Questões sem resposta, o que acaba por ser irrelevante.
 
Uma vez mais descobri uma que me deixou deliciada.
 
 
Esta.
 
 
Onde? No blogue do Amigo João Menéres, amigo comum de muitos de nós, no Grifo Planante.
 
Digam lá que não é uma delícia! Aumentem a imagem e vejam a delicadeza do ferro forjado.
Outro pormenor? Querem tentar descobrir? Não conseguem?
Dou-vos uma ajudinha: estamos perante uma janela de três portadas, o que não é nada comum.
 
Não é linda?
 
Obrigada, João, pela autorização do "roubo".
Mas sabes? Todos nós andamos tão carentes do belo, mas tão carentes!...

E agora?
Agora uma lufada de ar fresco.

Ora ouçam.
 
Ouçam, vejam, dancem, acompanhem.  
 

 
Que tal?
Oxalá tenham gostado tanto quanto eu!
 
Boa semana, Amigos!
 
 

terça-feira, 19 de maio de 2015

Quem é capaz de explicar?



Que tipo de fenómeno é este que assola o nosso País, e não só?

Diariamente, através de todos os meios de comunicação social, somos "bombardeados" com notícias extremamente "animadoras". 

Hoje foi notícia:

- mais um caso de uma criança vítima de violência por parte dos colegas, que desta vez o amarraram a um poste, tendo sido depois despido e, obviamente, vexado na sua dignidade. É que não sei se já perceberam mas as crianças também têm dignidade.

- a morte de mais um homem assassinado, à queima roupa, por um cliente no café de que era proprietário.

Agora a questão que se impõe: os cidadãos andam todos armados?

Depois.

- a polícia não sofre de excesso de zelo? Será que a atitude repressora não é excessiva em determinadas situações como a verificada há dias com o espancamento de um indivíduo perante a aflição/desespero dos filhos, ainda crianças?

Para onde caminhamos? Que mundo é este? Que tipo de cidadãos criámos e continuamos a alimentar?

A violência e o desrespeito passaram a ser a palavra de ordem?

Ouvir um qualquer telejornal tornou-se um exercício só destinado a pessoas, não só corajosas como masoquistas.

Qual é o interesse, caríssimos responsáveis pelo conteúdo informativo, em repetirem, à exaustão, as notícias que contenham maior violência?
A quem aproveita isso?

E as redes sociais? Não terão qualquer responsabilidade no facto de tornarem certas imagens/notícias virais? Que prazer tiram de tudo isto? E não são responsabilizados pelos danos que causam?

Muita da violência, particularmente a que se verifica nas escolas, não terá por finalidade primeira proporcionar aos seus responsáveis os tão desejados cinco minutinhos de fama?

Penso que urge acordar, e o mais rapidamente possível. 
Andam todos muito distraídos, atenção aos sinais.

sábado, 16 de maio de 2015

Overdose de beleza? Não, porque a beleza nunca é demais!

Antes de mais a nota prévia que se impõe, e com ela um pedido de desculpa. É que não consegui reter o nome de todos os monumentos, esculturas, pintura, etc. 
 
Ora vejam estas maravilhas e digam de vossa justiça.

Comecemos por ROMA.
 
 
 
 
 
 
 
 
 


 
 
  

 
 
 
 
 
 

E agora?
Agora a maravilha maior: FLORENÇA.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Basilica di San Miniato al Monte
 
 
 
 
 
 
 Monumento inserido nos Jardins Boboli 
 
 
Pontes e Rio Arno
 
  
 
 
 
Parte do Palácio Pitti  
 
 
 
 Galerias Uffizi
 
 
  





 
 
 
 
 
 
 
 
  
 
 
Ora aqui está a fotografia que seleccionei para oferecer a uma pessoa que calculou que iria tirar uma fotografia para oferecer à sua pessoa. Como sou generosa tirei uma fotografia onde cabem as pessoas que fazem parte integrante da vida da dita pessoa. Não entenderam nada deste discurso? Já imaginava!:)
 
 
 
Em síntese, a minha opinião?
 
Roma é uma cidade espetacular na sua monumentalidade. Monumentos lindíssimos a cada canto, gente, de uma maneira geral afável.
 
Dei a volta à cidade de táxi, o tempo era pouco não havia outra alternativa. O motorista era delicioso, um doce de simpatia e boa disposição. O que nos rimos quando ele disse que lhe doía a testa, passando a mão por toda a cabeça e eu contra argumentei dizendo que não, que a testa era só um pedaço da cabeça, logo não lhe doía a cabeça toda.   
 
O Vaticano deixa-nos a pensar, e não pelas melhores razões. Saí fascinada pela beleza, indignada pelo poderio/riqueza da igreja. Se não sabia? Claro que sabia! Mas uma coisa é saber, outra é estar em presença de. Não, lamento muito, mas não aceito. 
 
Bonita, numa beleza que esmaga, Florença. Meu Deus, quanta beleza naquele museu a céu aberto.
É isso mesmo: senti-me num museu onde tivessem derrubado paredes e tectos.
 
As pinturas dos tectos  das Galerias Uffizi deixaram-nos, literalmente, como que "pregadas" ao chão. Como é que se classifica uma obra daquelas?
 
Uma certeza: tenho que lá voltar. Fiquei com a sensação - e a certeza! - do quanto ficou para ver.
 
Espero que gostem da pequena, e incompleta, amostra. 
 
 
 

quarta-feira, 13 de maio de 2015

... e eis-me de volta...


... num regresso extremamente enriquecido.

Hoje vou limitar-me a um curto apontamento do que foi a minha (des)aventura.
O que mais temia era a consequência da greve, a eventualidade do cancelamento do voo, etc.
Pois!...
Pois! Havia avião, havia pilotos, havia tripulação, havia tudo, à excepção da operacionalidade do porto internacional de Roma que um incêndio tinha afectado seriamente.
Resultado, o voo que devia realizar-se às 6h,40m teve lugar às 19h,40m.
Quantas horas estivemos no aeroporto? Ora façam lá as continhas. Já fizeram? Então que tal?!
Como tudo na vida tem verso e reverso, deste contratempo resultou que fiquei a conhecer melhor o nosso aeroporto, e que bonito está!
O que encontrei e que me deliciou? Estes belos textos acompanhados de figurinhas bem simpáticas, mas só consegui "apanhar" a que publico.
Ora vejam/leiam.



De quem é autoria dos textos? Não adivinham? Ora pensem lá um pouco, é tão fácil!...


quarta-feira, 6 de maio de 2015

Volto já...



... é só um instantinho!

Se houver um piloto simpático, disposto a colaborar, vou dar uma volta pequenina, mas espero que agradável.

Até já, é só mesmo um instante.

Onde vou/ia/irei? É que o tempo verbal depende, unicamente, do piloto.
Depois digo qual o destino, pode ser? Combinado.

Esperam-me? De certeza?

Então, até já!


segunda-feira, 4 de maio de 2015

Apenas, porque sim?!


A selecção deste vídeo.

Nem mais, apenas porque sim!
Mas será mesmo?!



Ou será, porque?

Necessitamos de algo que nos aconchegue a alma. (Não, não estranhem, a alma também necessita de aconchego, o aconchego bom que nos mantém de pé.) 
Que nos faça sentir vivos.
Que nos faça acreditar no amor.
Que nos faça acreditar na ternura.
Algo que:
Preencha vazios.
Arranque do marasmo que suga, num movimento centrifugo sem escapatória.   
Liberte da mediocridade que destrói, corrói, sem piedade.  
Liberte da maldade, da hipocrisia, da mesquinhez que tudo mata.
Algo que:
Nos faça acreditar que o sonho é possível.
Que a Paz é possível.
Que o Homem é possível.
Que o mundo é possível.
Que nós, cada um de nós, é possível.