terça-feira, 21 de junho de 2016

É urgente.


Sim, é urgente!


Fonte: http://www.citador.pt/poemas/urgentemente-eugenio-de-andrade

Urgentemente

É urgente o amor
É urgente um barco no mar
É urgente destruir certas palavras, ódio, solidão e crueldade, alguns lamentos, muitas espadas.
É urgente inventar alegria, multiplicar os beijos, as searas
É urgente descobrir rosas e rios e manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros e a luz impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente permanecer.

Eugénio de Andrade, in "Até Amanhã"


Cada vez mais, Amigos, é urgente o AMOR.

Urge que interiorizemos esta urgência.
Urge que façamos tudo o que estiver ao nosso alcance para a colmatar.

10 comentários:

  1. Gosto tanto deste poema ( tenho-o na barra lateral do blogue).
    Porque é importante lembrar. E cumprir. Diariamente.
    Beijinho amigo! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto muito, Sandra.:)
      Acaba por ser um hino à vida, à esperança, a tudo aquilo que é realmente importante, tudo aquilo por que devemos lutar.

      Beijinho.

      Eliminar
  2. É cada vez mais urgente!!

    Gostei de ouvir o Dr Julio Vaz dizer o poema.

    Como passam os anos, notamos mais nos homens...

    Grata pela partilha que muito apreciei.

    Beijinhos, MJ.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  3. Os meus milagres são fáceis de explicar

    ResponderEliminar
  4. "temos ouvidos e vemos/não podemos ignorar..."

    é urgente, sim.

    ResponderEliminar
  5. Também é urgente não deixar morrer o amor.
    Beijinho, GL.

    ResponderEliminar
  6. Um belo poema e façamos na prática todo esse apelo. Eu tento todos os dias fazer o melhor que sei e sobretudo em prol do meu semelhante.

    Bom domingo

    Beijocas

    ResponderEliminar
  7. Um abraço grato para todos vós, os que se deram ao trabalho de vir até um espaço que está, de há um tempo a esta parte, meio em stand by.:(

    ResponderEliminar