sexta-feira, 17 de março de 2017

Até já?!

Até já? Até logo? Até amanhã? Que sei eu!




Sei, isso sim, que vos devo, a todos vós, os que ainda têm paciência para vir até aqui, uma palavrinha, e essa palavrinha é simples: decidi fazer uma nova pausa. É que o meu "olhares" anda meio "cego" - andará(?!) - e um "olhar" que não se alimenta, morre, não se justifica, não faz sentido.
Assim...? Assim deixo-vos por um tempo. Quanto? Não sei, não faço ideia.
Desejo-vos, a todos, tudo de bom. Que a vida vá sendo, no mínimo, "simpática", sem grandes oscilações no sentido errado.

Até já?
Até logo?
Até amanhã?
Que sei eu?!...