sábado, 14 de abril de 2018

Será que Deus existe?!...

Eis a questão que se nos impõe, cada vez mais e mais.
A guerra, o horror maior que nos entra casa dentro, num inferno sem fim à vista, que outra dúvida nos poderia colocar?
E é a revolta.
E é a fúria.
E é a indignação.
E é a dor da impotência de nada poder fazer.



Depois?
Bem, depois deparamo-nos com esta maravilha, com este assombro que é a Catedral de Barcelona, projectada por Gaudi, e...?
E?!... Sim, Deus existe. É impossível que aquela obra não tenha a mão de Deus.
Entra-se - já vivi essa "experiência" - e há qualquer coisa, uma "qualquer coisa" inexplicável, divina, que nos toca perante aquele mundo mágico, absolutamente maravilhoso, que nos faz sentir pequeninos, mas em simultâneo, enormes na nossa condição de humanos. É que só um Homem GRANDE, um Homem que vivia muito acima da vida terrena poderia sonhar/projectar/materializar uma obra daquelas. 

Enormes, sim, para o bem, só que desgraçadamente,  também para o mal.
Bem e mal numa luta sem tréguas? Ontem como hoje? Eternamente, enquanto houver dois homens à face da terra?!  
Ambivalências, às quais não podemos fugir.

Para fazer frente a esta angústia, para ajudar a combater o sofrimento que nos assola, façamos uma pequena pausa (?!), isto a bem da nossa sanidade mental. 
Para isso fica o convite: deslumbremo-nos com Gaudi, ouçamos a voz espantosa de Mónica Naranjo.

Votos de bom fim-de-semana para todos vós, Amigos. 


Nota: Um agradecimento muito especial ao Pedro, o Amigo de muitos de nós, aquele que "devaneia lá pelos orientes". É que foi graças a ele que descobri este pedaço de sonho. 


6 comentários:

  1. Vamos concentrar-nos no que há de mais positivo.
    Como esta pérola musical.
    Bjs, boa semana

    ResponderEliminar
  2. Tens razão Pedro, se tens! Se não formos por aí a vida torna-se um pesadelo insuportável.

    Boa semana.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Viva o que houver de melhor na vida!!!
    Boa semana, GL.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim aconselha o bom senso, assim exige o nosso equilíbrio.

      Beijinho

      Eliminar
  4. Sendo agnóstica... acredito que algo exista... e que projectou este nosso mundo... com muita beleza... mas ainda muita imperfeição... pelo menos, no que diz respeito às relações humanas...
    Acredito num Deus... mas não no Deus que os homens criaram... mas acredito que algo mais, possa existir... para além do nosso entendimento... e que talvez alguns seres mais iluminados... possam vislumbrá-lo... e o mostrem... através de criações como esta, de Gaudi...
    Extraordinária esta interpretação... que desconhecia por completo!
    Magnifica partilha, GL! Beijinho! Boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sou agnóstica, o que não invalida que muitas vezes - demais, até! me questione sobre o porquê de tanto sofrimento, tanta injustiça, tanta guerra, tanta gente a viver abaixo, muito abaixo do limiar da pobreza, uma vida sem qualquer espécie de dignidade.
      Há situações que nos abanam fortemente nas nossas convicções, essa é que é a triste realidade, Ana.
      Mas depois? Depois quando confrontada com a arquitectura absolutamente mágica de Gaudi, com a voz fabulosa de Mónica Naranjo? Aqui chegados, Ana? Aqui penso que a maioria de nós, balança.

      Beijinho.


      Eliminar